Você sabe escolher um mouse gamer?

Quem pensa em montar um PC totalmente otimizado para jogos, normalmente inicia as alterações trocando itens como a placa de vídeo, o processador, a placa mãe e outras configurações internas, não é mesmo?

Mas não podemos deixar de dar importância aos periféricos, porque não adianta nada ter as configurações internas mais avançadas do mercado se os periféricos são ultrapassados.

Mas a pergunta é: você sabe como escolher o mouse gamer ideal para o seu PC?

Existem alguns fatores que são essenciais e devem ser analisados antes de decidir qual mouse comprar. Para te ajudar a não ficar completamente perdido, separamos alguns pontos que podem ser cruciais na escolha de um mouse especifico para games.

Pronto? Então vem com a gente!

Botões

Vamos começar pela possibilidade de configurações que o mouse pode nos oferecer.

A quantidade de recursos programáveis do mouse vai nos indicar tudo o que seremos capazes de fazer durante as partidas.

Então, sempre analise a quantidade de botões que o periférico oferece e quais são os recursos que podem ser programados.

Muitos deles permitem que você controle a velocidade do mouse, a iluminação, entre outras coisas.

DPI

Se por acaso você já tentou fazer algumas buscas para escolher o seu mouse, deve ter notado que uma das especificações que sempre recebe mais destaque, é a resolução em DPI (Dots per Inch), que nada mais é do que a quantidade de pontos que o periférico é capaz de identificar em cada polegada que ele percorre.

Mouses específicos para games, costumam ter o DPI mais alto que os modelos tradicionais, mas na hora de escolher o seu, é preciso levar em conta o seu estilo de jogo, alguns jogos não exigem um DPI tão elevado, e pode acabar sendo muito mais vantajoso comprar um que esteja entre 800 a 4.000 DPI, para não acabar gastando muito, sem necessidade.

Para aqueles que preferem jogos mais exigentes, muitas marcas especialistas em produtos gamers produzem mouses que podem chegar a até 16.000 DPI.

Uma boa parte dos mouses oferecem botões para ajuste de DPI, assim você pode mudar de acordo com as necessidades do jogo.

Tempo de resposta

Não é somente o DPI que indica a qualidade de um mouse, o tempo de resposta também é importante, porque é ele que indica a capacidade que o mouse tem de trocar informações com o seu PC.

Para poder identificar, essa especificação sempre é dada em Hz, em um bom mouse gamer essa medida quase sempre varia entre 125 a 1000 Hz. Quanto maior o tempo de resposta, mais rápido o computador responderá à ação.

Conexão

Existem modelos de mouse com fio, wireless e bluetooth. Antigamente os mouses sem fio costumavam a ter uma qualidade mais baixa, mas hoje as marcas do mercado gamer estão investindo muito nos modelos sem fio, e por isso, independentemente do tipo de conexão, seu mouse irá funcionar.

O único fator que possivelmente vai decidir o tipo de conexão que você deve escolher, é o seu conforto. Os mouses sem fio oferecem mais mobilidade, alguns são produzidos para funcionar a uma distância de até 10 metros, enquanto os de cabo USB ficam presos ao computador.

Sensor

A única função do sensor é fazer a leitura da superfície, eles captam as imagens, processam e realizam o movimento através da mudança de uma imagem para a outra.

Existem os mouses com sensores ópticos e com sensores laser, a diferença entre os dois é que o óptico usa LED para iluminar a superfície e o laser, utiliza uma luz LED infravermelha.

A realidade é que, por serem mais sensíveis, os mouses laser conseguem captar imagens com mais nitidez. No entanto, muitas marcas conhecidas oferecem mouses com sensor óptico de qualidade igual ou até superior à dos sensores laser.

Design do mouse

Quando for analisar o design, você deve analisar características como peso, tamanho, formato e a estéticas.

Se você precisa de um mouse mais instável, a melhor opção é buscar por mouses mais pesados, mas se caso goste de jogos que exigem mais rapidez, escolha mouses mais leves.

O tamanho e o formato do mouse vão depender bastante do seu tipo de pegada. Existem três tipos de pegada, que são: Palm, Claw e Fingertip.

A Palm é a pegada onde os dedos ficam quase inteiramente sobre os botões e preenche a palma da mão.

A pegada Claw é onde o punho é apoiado e apenas as pontas dos dedos ficam em cima dos botões.

Já a Fingertip é a mais utilizada em movimentos leves, rápidos e de menor precisão, onde somente as pontas dos dedos são utilizadas.

Existem modelos para destros, canhotos e ambidestros, assim você pode escolher um mouse ainda mais confortável, é ideal que ele seja ergonômico para suportar partidas mais longas.

O tipo de iluminação do mouse também é um fator muito importante, e que vai além da estética. Como essa categoria de mouses costuma oferecer muitos botões e funcionalidades, as luzes LED acabam sendo um indicador visual, e facilitam a configuração durante o jogo.

Por isso, se quer um mouse com muitos botões, busque por algum que ofereça mais possibilidades para personalizar a iluminação.

Uma outra dica super importante é: busque a maior quantidade de informações possível!

Alguns fóruns na internet têm mapas de mouse, onde você vai conseguir analisar vários mouses de muitas marcas em um lugar só, e ainda perguntar sobre a qualidade de cada um, lembre-se que informação nunca é demais.

Esperamos que tenha gostado do post de hoje!

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *