Impressoras 3D – o que são e como usar?

Você já deve ter ouvido a falar das impressoras 3D, né?

Elas estão super populares e têm ganhado cada vez mais espaço. Esse modelo de impressora consegue imprimir qualquer tipo de coisa por meio de uma tecnologia tridimensional. Com ela, você poderá criar um objeto físico com rapidez e precisão a seguindo um modelo digital no computador. São vários tipos de objetos, como peças decorativas e até alimentos.

O processo de impressão é bem simples de entender. Basta criar um modelo tridimensional em um software 3D e enviá-lo ao software da impressora e definir dimensões e detalhes de texturas. O desenho será fatiado em várias camadas e produzido uma a uma até que a forma fique completa.

História das impressoras 3D

A tecnologia 3D pode parecer uma novidade, mas ela surgiu na década de 80 visando suprir a demanda de prototipagem rápida. Em 1984, Chuck Hill, usando a estereolitografia, criou o que viria a ser a sua primeira versão, que era uma impressora a laser de alta precisão para endurecer resinas sensíveis a luz. Foi pensada para a indústria.

Em 1986, Hull patenteou e montou uma fábrica de impressoras 3D, que até hoje é referência no setor. O lançamento do produto se deu em 1988 e virou um sucesso com os fabricantes de automóveis, do setor aeroespacial e também entre as empresas que projetam equipamentos médicos.

Tipos de impressoras 3D

As impressoras 3D foram aperfeiçoadas e originaram diferentes tipos e modelos que usam outras tecnologias e que podem ser usadas na indústria e para o uso doméstico.

Extrusão – FDM

Esse método significa Fused Deposition Modeling e é o mais comum. Seu funcionamento se dá a partir de um extrusor que libera camadas de um material plástico e aquecido e derretido como ABS, PLA e PETG. Isso faz com que ela apresente um excelente custo benefício.

Estereolitografia – SLA

A impressora Estereolitografia é um modelo a laser de precisão e que endurece uma espécie de resina sensível a luz. Os objetos físicos gerados precisam de um acabamento para ficarem melhores.

Por Luz – DLP

As impressoras por luz são as DLP que significa direct light processing ou em português “impressão direta por luz” é um modelo de impressora muito similar às estereolitográficas. Usam uma fonte, que não é laser, de luz para enrijecer material.

Síntese a laser

Essa impressora utiliza uma cabeça de impressão a laser para enrijecer o material de impressão que é em pó, dentro de uma câmera vedada a vácuo com uma temperatura alta e constante para garantir perfeição.

Sintetização Seletiva – SLS

As impressoras do tipo Selective Laser Sintering (SLS) fazem uso de lasers muito potentes para criar formas em materiais de vidro, cerâmica, nylon e metais com alto consumo de energia.

Que tipos de objetos eu posso imprimir com facilidade?

A matéria-prima utilizada pelas impressoras 3D são relativamente baratas, por isso, é possível imprimir até pequenas produções para a fabricação de diversos objetos.

Com ela, você poderá imprimir joias, esculturas, action figures, miniaturas, visualizar construções em maquetes de forma barata e rápida, implantes, próteses, modelos educacionais, alimentos como massas e chocolates, além de peças sobressalentes para diversas máquinas.

Muito legal, né? As impressoras 3D são apostas para um futuro muito diferente e tecnológico. Aqui na Syma temos alguns modelos especiais para você, confira:

Impressora 3D Flashforge Dreamer NX

Impressora 3D Flashforge Guider II

Impressora 3D Flashforge Finder

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *