Guia completo: Tudo o que você precisa para montar seu PC

Não é de hoje que os computadores vêm ganhando espaço no dia a dia de todos. Hoje é muito comum encontrar um computador em qualquer lugar que formos, pois eles facilitam, agilizam e melhoram a vida de seus usuários de várias formas.

Com a popularidade dos PCs Gamer e gabinetes com montagem simplificada, o número de pessoas que optam por montar seu próprio computador aumentou muito.

Uma das grandes vantagens de montar um PC é que é possível criar uma composição capaz de atender todas as suas necessidades, e você ainda pode dar priorizar a alta qualidade dos componentes que irão otimizar as suas tarefas.

Para você que tem interesse em montar a sua máquina, mas não sabe por onde começar, nós trouxemos um guia completo de todos os componentes e ferramentas necessárias na montagem do PC dos sonhos. Ficou curioso? Então vem com a gente!

Componentes de hardware

A galera que curte games já está um pouco mais familiarizada com componentes de hardware, isso porque muitos jogos atuais exigem componentes com configurações mais avançadas. No entanto, é importante lembrar que nem só de placa de vídeo e water cooler é feito um computador.

Existem muitos outros componentes que são essenciais para o funcionamento da máquina e, se você quiser um PC eficiente, é importante ter conhecimento de cada um deles.

  • Gabinete

Ao contrário do que muitos pensam, gabinete não é a mesma coisa que CPU!

De forma mais simplificada, o gabinete é aquela “caixa” onde os componentes são colocados. Até é possível que um computador funcione sem um gabinete, mas não é o mais recomendado.

Existem muitos estilos e tamanhos de gabinetes disponíveis no mercado, sendo assim, você pode escolher o seu de acordo com o tamanho dos componentes que pretende instalar nele.

  • Placa mãe

A placa mãe á a base de conexão e realiza a transmissão de dados através de impulsos elétricos.

Como o próprio nome sugere, todos os componentes devem ser conectados à placa-mãe para que o computador funcione de maneira adequada. Portanto, no momento da montagem é necessário prestar muita atenção nas entradas para a conectar os componentes.

  • Processador

O processador é uma das partes mais importantes do PC, isso porque ele é o cérebro de tudo.

Toda a velocidade de realização de tarefas passa antes pelo processador, e se esse componente não for potente o bastante, é quase inevitável que a velocidade de processamento de dados seja comprometida.

  • Memória RAM

A memória RAM é uma memória de acesso rápido que, basicamente, armazena temporariamente as informações que precisam ser acessadas mais rapidamente pelo sistema operacional, inclusive os arquivos do próprio sistema.

É importante lembrar que sem esse tipo de memória o computador é praticamente inutilizável, pois até mesmo SSD’s, que oferece uma velocidade de leitura e gravação bem superior a um HD, apresenta velocidades muito inferiores a memória RAM.

  • Memória de leitura (ROM)

A memória de leitura (ROM) é um tipo de memória que permite apenas a leitura, sendo usada no computador para armazenar permanentemente dados importantes, que geralmente são gravadas pelo fabricante e não podem ser alteradas ou apagadas.

  • Placa de vídeo

A placa de vídeo é responsável por processar as informações ligadas à exibição de imagens que irão aparecer no monitor.

Normalmente, esse componente utiliza uma memória própria além do que é dedicado a ele pelo sistema e, quanto maior sua capacidade, melhor será a definição de imagem do computador.

  • Placa de som

Basicamente, a função da fonte de alimentação é receber a energia elétrica da tomada e transformá-la para que os componentes de hardware possam operar normalmente.

Para isso, ela conta com diversos transformadores e componentes elétricos, que realizam a redução dos volts da tomada para valores compatíveis com os itens de hardware.

  • Leitor para cartão de memória

Mesmo não sendo um componente essencial para o funcionamento do computador, é bastante útil para aqueles que trabalham com fotos e vídeos, já que permite a transmissão de informações contidas dos cartões encontrados nas câmeras digitais.

  • Driver ótico

A função do driver ótico é fazer a leitura de discos de filmes, jogos, músicas, programas e dados em geral. Existem diversos tipos de drives óticos, mas no geral os modelos são divididos em três classes: drives de CD, drives de DVD e drives de Blu-ray.

  • Cooler do Processador

Como o processador é o cérebro de tudo, tende a ser um dos componentes que mais esquentam, podendo atingir uma temperatura de 90 graus Celsius. Sendo assim, o cooler ajuda a manter a temperatura ideal para que o processador funcione devidamente.

  • Cooler Extra

Claro que não é só o processador que esquenta, e para manter uma boa refrigeração no gabinete, é importante que haja um cooler extra.

Alguns componentes com configurações mais avançadas, como os que são dedicados para jogos, precisam de uma refrigeração mais eficiente, e uma ótima solução é fazer a instalação de um water cooler.

  • Placa de rede

A placa de rede é a porta de entrada e saída por onde a comunicação dos computadores de uma rede é feita, sendo a principal responsável pela conexão da internet no computador.

  • HD

É nele que fica instalado o sistema operacional, programas, jogos, vídeos, músicas e imagens do usuário.  Diferente da memória RAM, o HD não armazena os dados temporariamente, sendo assim, todas as informações presentes ficam nele até que o usuário dê uma ordem para exclui-las.

Nos computadores mais recentes, os HDs estão sendo substituídos por SSDs. Esses novos drives armazenam os dados em chips eletrônicos, oferecendo maior velocidade para leitura e gravação dos dados.

  • Conectores

Os conectores são as interfaces que permitem conectar os componentes hardwares através de cabos. Eles são compostos por uma tomada macho, com pinos salientes, que devem ser inseridos em tomadas fêmeas, geralmente constituídas de soquetes de entrada. No entanto, existem as tomadas ditas hermafroditas, que são simultaneamente macho e fêmea, e podem se inserir uma na outra.

  • Fonte de alimentação:

A fonte de alimentação é a grande responsável por alimentar eletricamente todos os componentes do computador.

É muito importante deixar claro que não importa somente a as tensões fornecidas por uma fonte de alimentação, é preciso levar em conta a potência, que é definida pela corrente fornecida pela fonte e pela corrente consumida pelo computador.

  • Slots

Como as placas mãe possuem espaços para instalação de placas complementares, os slots permitem que o usuário instale placas de rede, de som, de modem, de captura e muitas outras.

Ferramentas usadas na montagem

Existem muitos gabinetes que permitem uma montagem mais simplificada, no entanto, ainda é essencial que você tenha algumas ferramentas para conseguir montar a sua máquina sem nenhum problema.

  • Chaves de fenda: Como os computadores possuem vários parafusos, esse é um tipo de ferramenta que não pode faltar de jeito nenhum no seu kit. É importante que existem tipos diferentes de parafusos e, portanto, tipos diferentes de chaves. Para os parafusos com apenas uma fenda é usada a chave de ponta comum, e nos parafusos que possuem uma “estrela” é preciso usar chaves de padrão é “Ponta Cruzada” ou “Phillips”.
  • Alicate: Os Alicates servem para que você possa realizar tarefas que vão desde pressionar objetos, pinçar parafusos ou até mesmo cortar fios. Entretanto, não é recomendado interferir na parte elétrica do computador.
  • Rosca de base – A rosca de base é uma base para a entrada de outro parafuso, e por isso ela deve ser colocada nos furos do gabinete entre a base de suporte e a trava.
  • Mica: A mica é indispensável na montagem do computador porque ela evita que a placa mãe entre em contato com componentes metálicos sem isolamento.
  • Parafuso de Rosca Grossa: Existem dois tipos de Parafusos de Rosca Grossa, os de uso interno e os de uso externo. Os de uso externo são responsáveis por prender as tampas do gabinete e normalmente estão em pequena quantidade se comparados aos de uso interno.  É possível que seja necessário usar os internos para prender drives, placa-mãe e outros dispositivos, mas esta é uma situação incomum.
  • Parafuso de Rosca Fina: É um dos componentes que você vai precisar ter em grande quantidade, porque é usado para prender dispositivos como discos rígidos, drives de CD, DVD e até mesmo disquetes.
  • Base de Suporte com Trava: Por último e não menos importante, está a Base de Suporte com Trava. Ela é dividida em duas partes, sendo que a inferior deve ser encaixada na Rosca de Base e é essencial para garantir que a sua placa-mãe não irá queimar.

Agora que você já tem uma base de tudo o que precisa para montar a sua máquina, pode começar procurar os componentes certos para otimizar as suas tarefas do dia a dia ou garantir uma performance incrível nos jogos.

Esperamos que tenham gostado do post de hoje!

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *